Um pouco sobre psicologia do emagrecimento

O objetivo de qualquer programa de emagrecimento deve ser emagrecer E permanecer magra. Quem emagrece não será magra, estará magra se e enquanto mantiver um estilo de vida magro.

Emagrecer é muito mais que fazer mais uma dieta para perder algum peso por algum tempo. Envolve mudança permanente de estilo de vida.

Para mudar estilo de vida é necessário iniciar mudando comportamento que, praticado repetidamente, se torna um hábito. Para que um comportamento se repita é necessário que seja prazeroso. Um conjunto de hábitos saudáveis se torna um estilo de vida.

Se você não pode comer o QUANTO quer, deve ser treinada psicológica e nutricionalmente para comer o que gosta  parcimoniosamente. Não faça “regime”!

Para isso ansiedade, depressão, stress devem ser dissociados do comportamento alimentar. O mesmo se dá com a compulsão alimentar ou a compulsão alimentar noturna que, se estiver presentes,  deve ser tratado ou põe por terra os mais competentes projetos de emagrecimento.

A atividade física deve ser prazerosa. O melhor exercício físico, psicologicamente falando, é aquele que, mesmo cansada hoje, você tem vontade de fazer amanhã.

Evite metas do tipo “perder x quilos por semana”. Cuide do processo, a perda de peso virá como consequência.

Não espere ser  feliz quando emagrecer. Seja feliz para emagrecer.