Teoria da beleza 2: Estar bonita

II. ESTAR BONITA

 

Estar bonita refere-se ao conjunto de procedimentos destinados a acentuar os sinais de atratividade. Compreende a tecnologia da beleza mais os cuidados pessoais.

 

Higiene, alimentação, atividade física, descanso, os procedimentos estéticos em geral, a produção e a moda, compõe o quadro.

 

Num Concurso para modelos as meninas chegam em “estado bruto”, sem produção. No dia seguinte, após a intervenção de uma equipe altamente especializada, aparecem de maneira totalmente diferente! Toques de cabelo e maquiagem escondem os defeitos e potencializam as qualidades. São bonitas e agora ESTÃO BONITAS!

 

Da mesma forma, quando a mulher se produz para um evento ou mesmo para o dia a dia, utiliza os recursos disponíveis para realçar sua beleza, para acentuar sua sensualidade, seu poder de atração.

 

No próximo artigo abordaremos o principal aspecto da beleza: aquilo que faz a beleza” render”. O SENTIR-SE BONITA!

 

Dr. Marco Antonio De Tommaso
–  Psicólogo e psicoterapeuta pela Universidade de São Paulo
–  Atuou no IPQ HC USP em pesquisa e atendimento
–  Credenciado pela Assoc Bras para Estudo da Obesidade
–  Consultor da Unilever – Dove de 2004 a 2010

–  Articulista da revista Boa Forma “No Divã”
–  Psicólogo das Agências  L’Equipe, KeeMOD e Joy  de modelos.

–  Consultor de psicologia do site www.giselebundchen.com.br

 
11 – 3887 9738    www.tommaso.psc.br  [email protected]

http://tommasopsicologia.blogspot.com/

 

 

Rua Bento de Andrade, 121    Jardim Paulista     São Paulo