PSICOLOGIA PARA MODELOS: COMPROMETIMENTO PROFISSIONAL

 

 

Pense em você como um (a) privilegiada, como modelo de qualquer de uma grande Agência!  Mas estamos longe do tempo romântico em que bastava ser bonita para ser modelo bem sucedido profissionalmente. Se você não se conscientizar que competir implica em competência e que isso exige esforço pessoal, dedicação, logo logo terá uma grande decepção. CUIDADO! Um número crescente de profissionais da sua área começa a se conscientizar da necessidade da preparação. Você não faz? TEM QUEM FAÇA! Você não se cuida? Tem quem se cuide! Você não vai a determinado teste? Tem quem vá! Você prefere ir a festas, baladas todas as noites ? Tem quem se preserva à véspera de um trabalho. Da mesma forma que um atleta de competição não pode “encher a cara” em época de treino, que um cantor não pode expor sua voz ou um ator tem que se compenetrar do seu personagem, MODELOS TÊM DE SER PROFISSIONAIS SIM SENHORA! Aquela garota, não modelo, que a admira pode ignorar o fato, você não!

 

Pense em você não como a “Maria” ou como o “João”, mas como o interprete de um personagem. Quando desfila, fotografa ou representa em um comercial, a mensagem a ser passada é do seu personagem. Fácil de falar, difícil de fazer, especialmente devido a pouca idade, a inexperiência e a falta de preparação. Você tem que “passar” emoções e, no entanto não sabe como. Por outro lado, suas próprias emoções interferem no seu desempenho! Complicado, não? Como uma atriz ou um ator, você representará papéis que, muitas vezes, serão opostos a você. Então pesquise, leia, veja filmes, converse, oriente-se, observe, PERGUNTE.

 

“A Agência não me preparou”. Acredite, nas grandes empresas existe um investimento nos funcionários, mas é fundamental que este esteja apto, continuamente reciclado, atualizado, pronto a fazer “algo mais” e não esperando “tudo cair do céu”. Agora vamos conversar olho no olho: quando sua Agência “não o prepara”, mas coloca à sua disposição uma equipe de profissionais aptos a orientá-lo, inclusive na área de psicologia, onde são trabalhadas as suas emoções e as emoções que você tem que “passar” a seu público, o que você fez?

 

 

Dr. Marco Antonio De Tommaso
–  Psicólogo e psicoterapeuta pela Universidade de São Paulo
–  Atuou no IPQ HC USP em pesquisa e atendimento
–  Credenciado pela Assoc Bras para Estudo da Obesidade
–  Consultor da Unilever – Dove de 2004 a 2010

–  Articulista da revista Boa Forma “Divã”
–  Psicólogo das Agências Ford e   L’Equipe de modelos.

–  Consultor de psicologia do site www.giselebundchen.com.br
11 – 3887 9738    www.tommaso.psc.br  [email protected]

http://tommasopsicologia.blogspot.com/

 

http://www.facebook.com/marcoantonio.detommaso.5

 

Rua Bento de Andrade, 121    Jardim Paulista     São Paulo