O problema é só o peso?

Existem pessoas que passam suas vidas focadas no processo de emagrecimento sem conseguirem seu intento. Peregrinam de dieta em dieta, acumulam fracassos e esperanças, migram de profissional em profissional.

Na clínica psicológica, muitas vezes, nos deparamos com casos em que essa preocupação e o adiamento de uma solução objetiva constituem uma resistência inconsciente ao emagrecimento. Essas pessoas canalizam toda sua energia ao processo, tirando o foco de outros problemas emocionais que permanecem inalterados e, muitas vezes, sequer identificados. Enquanto se preocupam e perpetuam a busca do emagrecimento, e não conseguem, não olham para outras áreas conflitivas de suas vidas. Querem e não querem a mesma coisa ao mesmo tempo. Conscientemente querem emagrecer, mas inconscientemente usam o peso como fuga de outros problemas.

Esse é mais um caso em que a abordagem psicológica deve ser incluída no programa de emagrecimento. Se houverem resistências inconscientes à solução do problema, é necessário identificá-las e tratá-las, sem o que o sucesso não ocorrerá. A pessoa se engaja numa dieta, tudo vai bem, até o momento em que… Bem, você já conhece a sequência.

Se você se identifica com o exposto acima, pergunte-se: SERÁ QUE O PROBLEMA É SÓ O PESO?