Não existe “ex-gorda”!

Você emagreceu! Fez dieta, exercícios, seu peso baixou e você comemora a nova silueta! Fim de problema! Você está curada!

Ledo engano! Uma coisa é emagrecer, outra é curar a obesidade, o sobrepeso. Lembre-se, você pode tratar a obesidade, mas não, ao menos por enquanto, curá-la. Você não será magra, ESTARÁ MAGRA se e enquanto adotar um estilo de vida magro. Isso quer dizer, nutrição adequada, atividade física, EQUILIBRIO EMOCIONAL. Não se esqueça que os fatores subjacentes estão lá! Prontos para entrar em ação e fazê-la voltar ao antigo e desagradável peso, se você não estiver atenta.

Um projeto de emagrecimento deve ter como objetivo emagrecer e permanecer magra. Manter-se magra é muito mais complexo que emagrecer. Requer motivação, comprometimento, tolerância à frustração para o resto da vida. Você não pode esperar se comportar como antes e não engordar de novo. Sua cabeça deverá ter mudado. Se você comia para expressar indevidamente suas emoções, fossem quais fossem, essas emoções deverão ter encontrado sua expressão adequada. O peso muda mais depressa que a cabeça, mas, se a cabeça não mudar, o novo peso não será mantido. Você terá de pensar e se comportar magro, se quiser usufruir seu novo corpo para o resto de sua vida.

Procure metas realistas. Dentro de um peso clínico saudável, procure, por que não, um peso estético que lhe agrade. Talvez aquele com o qual se sentiria bem de biquíni. Sabemos que, por razões culturais, cada vez mais o peso estético se afasta do peso clínico, para menos, claro. O peso escolhido deverá ser viável. Qual o peso legal que lhe permite ser saudável, sentir-se bonita e que seja sustentável? Quanto mais baixo o peso, maior a dificuldade em mantê-lo. Você está emagrecendo por você? Tem algum benefício inconsciente permanecendo gorda? Está psicologicamente preparada para estar magra? Perceba que emagrecer é muito mais do que fazer mais uma dieta para perder algum peso por algum tempo. Envolve mudanças radicais de estilo de vida, de comportamento e, principalmente, equilíbrio emocional.

Não se esqueça, NÃO EXISTE EX GORDA! Mas, sim, a GORDA EMAGRECIDA. Você não será magra. Estará magra se e enquanto mantiver um estilo de vida magro.