Emagrecer é difícil

Os números estão aí! 95% das pessoas que emagrecem voltam a engordar em um ano! Isso, das que conseguem!

Porque isso acontece? Emagrecimento é muito mais que dieta, medicamentos, exercícios. Consiste na firme disposição de modificar estilo de vida para sempre, na medida em que a obesidade não tem cura, mas sim tratamento. É uma doença crônica. Você pode ESTAR MAGRA, mas NÃO É MAGRA. Estará magra enquanto mantiver o problema sob controle. Descuidou? Engordou! A finalidade é perder gordura para a vida toda e não por curto período de tempo.

O alimento é muito mais que nutrição. É afeto, sociabilidade e está intimamente ligado às nossas emoções. Comemos por fome, mas também por fatores emocionais como insegurança, para suprir nossas carências afetivas, por ansiedade, depressão, stress. Comemos nas celebrações. O alimento simboliza amor, afeto, carinho. Nossa relação com a comida não é tão lógica. O alimento nos traz, alem da nutrição, prazer e dor.

Portanto mexer no comportamento alimentar não é fácil, já que se institui desde o nascimento, no aleitamento materno. E, no entanto é necessário fazê-lo, se a pessoa quiser efetivamente emagrecer e POR TODA A VIDA, se quiser permanecer magra.

Se você engorda e emagrece, come sem fome, é preso de ansiedade, belisca após as refeições, come excessivamente à noite, se come compulsivamente, se tem longo histórico de obesidade-sobrepeso, inclua a psicologia em seu programa de emagrecimento.

Quando a comida serve para outros propósitos como a compensação de emoções, suprimento de carências, o nosso lado consciente quer emagrecer, mas enfrenta o lado inconsciente, que quer manter as coisas como estão. E em conflitos desse tipo, querer a mesma coisa ao mesmo tempo, vence o lado inconsciente. SEMPRE!

Quem tem o problema, quer emagrecer e permanecer magra deverá se reestruturar emocionalmente. Precisará emagrecer principalmente a cabeça.

ESSA É A FUNÇÃO DA PSICOLOGIA!