Depois das festas

Hoje, primeiro “dia útil” pós Natal e Ano Novo, a conversa gira em torno de “quantos quilos eu engordei”…É um momento perigoso, não pelo número em sí, mas pelo tipo de “resolução” ao qual as pessoas, ou muitas delas, se propõe.

No afã de perder o peso adquirido tornam-se vulneráveis às “magias” que prometem milagres para…Ontem…Remédios (Já surgiram diversos na internet), regimes estapafúrdios, e outras propostas, colocam a vulnerabilidade do momento na mão de “regimeiros” de diversas profissões, autênticos charlatães, que vendem ilusões, a maioria delas perigosas e, todas elas, ineficientes. É a ânsia de “SER EMAGRECIDA”!

Muita tranquilidade e bom senso. Em primeiro lugar acabou a comilança! Se você estava parada, que tal voltar à atividade física? E, se for o caso, que tal procurar ajuda nutricional e dar uma “atualizada” nesta área?

Do ponto de vista psicológico, nada de desespero! Ansiedade, culpa, pressa, não ajudam em nada! Com calma, volte a seus hábitos regulares. Não ceda às promessas de “emagreça já”, de remédios vendidos como panacéias universais, ou regimes doidos.

Aproveite o ano que se inicia para se reciclar física, nutricional e psicologicamente falando!