Beleza: que nota você se dá?

Se lhe perguntassem ,de zero a dez, que nota você daria a si mesma em relação a seu rosto e corpo, o que responderia?

Essa pergunta, entre outras, foi feita a uma amostra de 140 modelos, todas com mais de 18 anos de idade em um levantamento que efetuei. As médias foram:

• Rosto 7,2
• Corpo 6,3

Modelos também colocaram sérias restrições estéticas em si mesmas. Mostraram insegurança acentuada em relação à própria avaliação de beleza. Insegurança por vezes maior que as não modelos.

Também elas foram influenciadas pelos próprios padrões que a elas são atribuídos. Também elas se sentem com enormes déficits estéticos, faciais e corporais.

As médias que se atribuíram em relação ao rosto foram superiores àquelas em relação ao corpo. As notas em relação ao corpo mostram, nitidamente, a enorme preocupação que todas, sim TODAS as mulheres sentem ao se avaliarem.

Verifique algumas respostas e o comentário feito por algumas às seguintes perguntas : “Que nota daria para seu corpo?” O que faria para modificá-lo, se pudesse?”

A.M, 22 anos, 1,76 m, 52 kg : “Dou nota 6. Preciso desenhar minha barriga, perder culotes e melhorar meu bumbum. Minhas pernas estão algo flácidas e tenho gorduras localizadas”.

H.N. 20 anos 1,74 m, 53 kg. “A nota é 6,5. Até que gosto do meu corpo! Mas preciso afinar minhas coxas, são muito grossas. Meu peito teria que ser mais empinado. A cintura menor…Uma lipo no quadril”…

Também nessa população existem mulheres que cobrem seu corp com canga quando vão a praia. Que só vão ao Shopping produzidas devidamente. Que se sentem feias ao se olhar no espelho.

Você daria nota 6 àquela jovem que aparece nos comerciais de cerveja ou de lingerie? Essa foi a média que elas se deram! Tivemos notas altas (9 ou 9,5) mas também tivemos 3 e 2,5!).

Como se vê, o tal padrão produz vítimas em todos os segmentos! Inclusive naqueles que são invejados por se atribuírem a eles os ideais de beleza.